Saiba como “ler” os pneus do seu carro

Saiba como “ler” os pneus do seu carro

Entenda o que significam todas aquelas letras e números inscritos nas bandas laterais

Para a maioria das pessoas, independentemente do tipo ou modelo do automóvel, pneus são todos iguais. Entretanto, há mais tecnologia embutida naqueles quatro (ou cinco) componentes do carro do que podemos imaginar. E é justamente a tecnologia aplicada a cada tipo de uso dos pneus que os tornam diferentes entre si.

Prova disso são as inscrições em alto relevo vistas nas paredes laterais. Essas combinações de letras e números funcionam como o “DNA” do pneu. Elas indicam, por exemplo, as dimensões, o tipo de construção, as características de desempenho e até a data de fabricação daquele componente.

Para entender melhor como essas informações estão expressas ali, vamos tomar como exemplo o pneu Bridgestone B250 Ecopia 165/70 R13 79T:

Bridgestone – nome do fabricante
B250 – denominação comercial do produto
Ecopia – identificação de baixa resistência à rolagem
165 – largura da banda de rodagem em milímetros
70 – altura da parede lateral (70% da medida da banda de rodagem)
R – tipo de construção “Radial”
13 – diâmetro do aro em polegadas
79 – índice de capacidade de carga (437 kg)
T – índice de velocidade máxima (190 km/h)
1311 – data de fabricação (Ex.: 13ª semana de 2011)

Saiba como ler os pneus do seu carro

Saiba como ler os pneus do seu carro

Compreendendo o significado de cada uma dessas informações, é possível entender a razão de cada tipo de pneu ser especificado para determinado modelo ou versão de automóvel e a importância de não ser substituído por outro de características diferentes. Além disso, fica mais fácil para o motorista ou proprietário encontrar o pneu ideal para o seu veículo, mesmo que aquela versão de componente tenha sua produção encerrada ou se opte por outra fabricante.

Sobre a Bridgestone – Com sede em Tóquio (Japão), a Bridgestone é a maior fabricante mundial de pneus e detentora das marcas Bridgestone e Firestone, com faturamento de US$ 28 bilhões em 2009. Emprega 138 mil funcionários no mundo e mantém operações em 22 países. No Brasil, produz pneus para todos os segmentos em suas fábricas de Santo André (SP) e de Camaçari (BA), que juntas atingem capacidade de produção de 42 mil pneus/dia.

Tags: [ , , , ]

Deixe seu Comentário »

Nenhum Comentário até o momento.

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.