Alonso vence na Itália

GP Italia

Alonso vence na Itália e entra na briga pelo título

Espanhol Fernando Alonso comemora vitória no GP da Itália, que o coloca na disputa pelo título mundial.

O espanhol Fernando Alonso venceu o GP da Itália, em Monza, na manhã deste domingo, e conseguiu se aproximar dos concorrentes na briga pelo título do Mundial de Pilotos da Fórmula 1. O inglês Jenson Button foi o segundo e o brasileiro Felipe Massa completou o pódio, na terceira posição.

Com um sexto lugar na Itália, o australiano Mark Webber assumiu a liderança da classificação geral, com 187 pontos. Lewis Hamilton, o líder anterior, abandonou a corrida ainda na primeira volta e não pontuou, permanecendo com 182 pontos. Alonso agora tem 166 e é seguido de perto por Button, com 165, e Vettel, com 163. Felipe Massa segue muito distante, com 124 pontos.

A próxima etapa do calendário da Fórmula 1 será realizada em Cingapura, no próximo dia 26.

A Prova

A largada foi movimentada no Circuito de Monza. Jenson Button partiu do segundo lugar e, após uma disputa acirrada com Fernando Alonso, tomou a liderança. Depois de perder o primeiro posto, o espanhol duelou com Felipe Massa e conseguiu defender sua posição após alguns toques de roda com o parceiro.

Enquanto brigava pela segunda posição com Alonso, Massa tocou em Hamilton e danificou a suspensão da McLaren do britânico, que acabou na caixa de brita logo na primeira volta. Atual líder do Mundial, o campeão mundial de 2008 largou na quinta colocação do grid.

Em mais um início sofrível, o australiano Mark Webber desceu do quarto para o nono posto. Entre os demais brasileiros, Rubens Barrichello caiu do 10º para o 11º lugar, Lucas Di Grassi subiu da 21ª para a 18ª posição e Bruno Senna, da 22 para a 21ª colocação.

Os três primeiros colocados se mantiveram na ponta sem maiores problemas até a rodada de paradas. Então líder, Button foi para os boxes na 37ª volta. No giro seguinte, Alonso parou. Como a Ferrari trabalhou mais rápido, o espanhol encontrou o britânico no retorno à pista e conseguiu tomar a posição do atual campeão mundial.

Enquanto Alonso pisava fundo, Mark Webber e o alemão Nico Hulkenberg brigavam pela sexta colocação. A três voltas do final, o australiano finalmente conseguiu ultrapassar o piloto da Williams e garantiu importantes pontos na disputa pelo título mundial.

Com uma estratégia inusitada, o alemão Sebastian Vettel (Red Bull) deixou a parada obrigatória para troca de pneus apenas para a última volta da corrida. Ele foi bem sucedido e conseguiu voltar à pista a tempo de cruzar a linha de chegada na quarta colocação.

O espanhol Fernando Alonso chegou a assustar os torcedores italianos ao perder o traçado nas voltas finais, mas conseguiu retomar o controle do carro e completou a prova em segurança para a alegria dos milhares de fãs da escuderia italiana em Monza.

Confira a classificação final do GP da Itália:

1. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – 1h16min24s572
2. Jenson Button (ING/McLaren) – a 2s938
3. Felipe Massa (BRA/Ferrari) – a 4s223
4. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) – a 28s193
5. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – a 29s942
6. Mark Webber (AUS/Red Bull) – a 31s276
7. Nico Hulkenberg (ALE/Williams) – a 32s812
8. Robert Kubica (POL/Renault) – a 34s028
9. Michael Schumacher (ALE/Mercedes) – a 44s948
10. Rubens Barrichello (BRA/Williams) – a 1min04s200
11. Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso) – a 1min05s00
12. Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India) – a 1min06s100
13. Vitaly Petrov (RUS/Renault) – a 1min18s900
14. Pedro De la Rosa (ESP/Sauber) – a 1 volta
15. Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso) – a 1 volta
16. Adrian Sutil (ALE/Force India) – a 1 volta
17. Timo Glock (ALE/Virgin) – a 2 voltas
18. Heiki Kovalainen (FIN/Lotus) – a 2 voltas
19. Lucas Di Grassi (BRA/Virgin) – a 2 voltas
20. Sakon Yamamoto (JAP/Hispania) – a 2 voltas

Abandonaram a prova:

Jarno Trulli (ITA/Lotus), na 47ª volta
Bruno Senna (BRA/Hispania), na 12ª volta
Lewis Hamilton (ING/McLaren), na 1ª volta
Kamui Kobayashi (JAP/Sauber), na 1ª volta

Fonte: www.terra.com.br/automobilismo

Tags: [ , , , ]

»

Nenhum Comentário até o momento.

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.